Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

SVS solicita que pais evitem levar bebês e crianças a locais com aglomeração

As crianças, especialmente bebês com menos de 1 ano, têm sido as mais acometidas pelo surto de síndromes respiratórias que atinge o Amapá. Neste sábado, 20, o Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), registrou 15 recém-nascidos internados em leitos clínicos com os sintomas. A maternidade atende crianças com até 28 dias de vida.

Desde o dia 13/05, o Governo do Amapá vem tomando medidas para conter o surto de síndromes respiratórias em todo o Estado. Estão circulando entre a população o vírus Sincicial respiratório, Influenza A e B e tem atingido, sobretudo, crianças com menos de 6 anos. Foi assinado situação de emergência na saúde pública desde o dia 13 de maio, e vem atuando na abertura de mais leitos, reforçando profissionais, medicamentos, equipamentos e mobilizando os municípios para aumentar a cobertura vacinal.

Neste sábado (20) O governador Clécio Luís, a secretária de Saúde, Silvana Vedovelli e a superintendente de vigilância em saúde do Estado, Margarete Gomes realizaram uma coletiva de imprensa para apresentar dados e deixam o alerta: “mantenham as crianças em casa, evitem aglomeração, tomem os cuidados iniciais, evitem visitas em casa para bebês, procurem uma unidade de saúde aos primeiros sintomas. E o mais importante: vacinem as crianças e reforcem as medidas de segurança contra os vírus.”

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias