Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Jari: padrasto é preso acusado de passar a mão em enteada enquanto ela dormia

Segundo o delegado Aluísio Aragão Júnior, o fato ocorreu na casa onde vítima e abusador residem com a família.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia da Infância e Juventude, do município de Laranjal do Jari – a 287 quilômetros de Macapá -, prendeu, em flagrante, um homem de 36 anos de idade, acusado de ter praticado o crime de importunação sexual contra a sua própria enteada, uma adolescente de 15.

Delegado Aluisio Aragão Junior

“Conforme a nossa investigação, o acusado entrou no quarto da menina e, enquanto ela dormia, ele tocou e apalpou o corpo da mesma na região das coxas e da vagina, sem a sua anuência. A adolescente então despertou desesperada com a conduta do padrasto e foi para a casa de uma vizinha para quem contou todo o ocorrido. Em ato contínuo, a própria vítima comunicou o fato ao Conselho Tutelar, que, por sua vez, acionou o plantão da Delegacia da Infância e Juventude. Após diligências, a equipe conseguiu localizar e prender o indivíduo em flagrante. Todas as testemunhas que ouviram o relato diretamente da menor contaram a mesma versão dos fatos. O acusado, que é primário, negou a prática delitiva”, explicou o delegado.

O acusado foi encaminhado à audiência de custódia, e acabou sendo liberado provisoriamente, mediante medidas cautelares diversas da prisão, como por exemplo, o dever de afastar-se da residência e proibição de manter contato com a vítima, entre outras.

Apresentação do acusado na delegacia de Laranjal do Jari

Ainda segundo a autoridade policial, as investigações irão continuar, pois, a garota será ouvida por meio de depoimento especial e deverá esclarecer se foi um fato isolado ou se o acusado já vinha praticando outros crimes da mesma natureza contra ela.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias