Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Deputado Pupio é acusado de ocupação irregular de imóvel

Deputada Dandara (PT/MG) diz que Pupio furou a fila de prioridades

A deputada federal Dandara Tonatzin (PT/MG) veio a público, através de suas redes sociais, acusar o deputado Augusto Pupio (MDB/AP) de ocupação irregular de um apartamento funcional em Brasília. Segundo a deputada petista, há uma ordem de prioridades na ocupação desses imóveis. “Até onde sei o deputado Pupio não é mulher, nem idoso, nem deficiente”.

Dandara x Pupio

Cabe à 4a Secretaria da Câmara Federal a administração dos apartamentos funcionais. Atualmente a Câmara conta com cerca de 400 apartamentos, porém o número de deputados ultrapassa os 500. Os que não conseguem apartamento tem direito a receber um auxílio moradia.

Segundo apuração do SDB News, o imóvel alvo da disputa era ocupado até o ultimo dia 20 pela deputada federal Marcivânia Flexa (PCdoB/AP), que não se reelegeu. Marcivânia alega que acolheu Pupio pois o pai dele estava em tratamento médico na capital federal. E que disponibilizou o imóvel para a Câmara no prazo legal.

Em uma das últimas postagens, a deputada mineira foi até o gabinete do deputado amapaense porém o mesmo estava fechado. Dandara afirma que tem o Termo de Ocupação do apartamento, expedido pela Quarta Secretaria da Câmara, ocupado por Pupio. “Se nenhum dos parlamentares apresentarem uma solução, entrarei na Justiça e com uma representação por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética”, disse a petista.

O deputado Augusto Pupio ainda não se manifestou sobre o assunto.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias