Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

De uma vez só, cinco crimosos morrem em confronto com a PM

Ocorrência se deu no Distrito do Coração, divisa com Santana

Cinco criminosos, que aparecem em um vídeo exibindo armas de fogo, morreram no fim da tarde desta terça-feira (25), em uma troca de tiros com as equipes do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (Giro) do Bope.

O confronto aconteceu por volta das 17h40, em um local de difícil acesso, cercado por matas, na rua do Trilho, no distrito do Coração – zona oeste de Macapá -, na fronteira com o município de Santana.

De acordo com o tenente Azevedo, comandante do Giro, após a intervenção que ocorreu pela manhã no bairro dos Congós, os policiais receberam informações anônimas, a respeito de uma residência que funcionava como uma espécie de base do crime, onde faccionados estavam reunidos, planejando execuções de membros de uma facção rival.

De posse dos detalhes, os militares do Giro, com o apoio da Companhia de Operações Especiais (Coe), se deslocaram para o endereço indicado, para averiguar a veracidade da denúncia.

Ainda segundo informações do oficial, chegando próximo ao local, eles avistaram três indivíduos armados que, aparentemente, faziam a segurança na frente do imóvel. Ao avistarem os militares, passaram a efetuar disparos de forma ativa e agressiva contra eles.

A partir de então, iniciou um intenso tiroteio, onde dois suspeitos, que estavam na entrada da casa, foram baleados. O terceiro elemento correu para o interior da residência. Foi feito o cerco no local, e um outro indivíduo, que estava no quintal, tentou contra a vida dos agentes da segurança pública, disparando contra os mesmos. Mas uma vez houve revide e o criminoso acabou alvejado.

Os dois bandidos que estavam dentro do imóvel, não obedeceram a ordem para largar as armas e optaram por abrir fogo em direção aos militares que, sem alternativa, trocaram tiros novamente com bandidos.

Após cessar o confronto, foi detectado que os cinco suspeitos estavam feridos. O socorro médico foi acionado. Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram para o local, mas nada puderam fazer, pois os criminosos não resistiram.

Outros dois elementos conseguiram fugir, adentrando a área de mata. Durante a fuga, eles deixaram cair um revólver calibre 38 com uma munição intacta e uma deflagrada.

A perícia compareceu ao local e fez o trabalho de praxe. Em seguida, a remoção dos corpos. Ao término dos procedimentos da Politec, o canil do Bope entrou em ação. A cadela Uylla fez uma minuciosa varredura e localizou 57 porções de substâncias entorpecentes, do tipo crack.

Os indivíduos foram identificados, posteriormente, como Eduardo Vilhena da Costa, de 19 anos , que respondia pelos crimes de homicídio, roubo e furto; Marcos Jacó de Sena Carvalho, também de 19 anos; Vitor Cristian Mendes da Costa, de 22 anos; Wallamis Pinheiro Soares, de 16 anos; e Manoel de Jesus Lobato Furtado, de 29.

Com eles foram apreendidos quatro revólveres calibres 38, um revólver calibre 32 e uma pistola calibre 380, além de diversas munições deflagradas, intactas e percurtidas.

Conforme o levantamento da polícia, o bando era responsável pela execução de rivais e por conseguir armamento para a organização criminosa a qual pertencia.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias