Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Traficante “Baleia” morre em confronto com a Rotam no São Lázaro

Nesta segunda-feira (4), um criminoso identificado como Francimar dos Santos Santos Tavares, o “Baleia”, morreu durante troca de tiros com a Ronda Ostensiva Tática Motorizada (Rotam) do Bope. O confronto foi registrado em uma área de passarela do bairro São Lázaro, zona norte de Macapá.

De acordo com o tenente Eliatan, a Rotam recebeu a determinação para reforçar o patrulhamento em áreas de risco na região Durante as incursões pela ponte Emílio Médice, local conhecido pelo forte tráfico de drogas e de domínio de facções criminosas, as equipes se depararam com o suspeito. Assim que percebeu a chegada dos militares, Baleia empreendeu fuga e se escondeu em uma residência.

Desconfiados da atitude do mesmo, os policiais fizeram o cerco e tentaram entrar no imóvel e logo ouviram tiros. Os agentes se abrigaram e , posteriormente, fizeram o adentramento na casa, mas foram surpreendidos outra vez com disparos, momento em que revidaram. Baleia acabou baleado e morreu antes da chegada do Samu.

Baleia era tido como uma liderança da organização criminosa a qual fazia parte. Ele seria o principal responsável pela distribuição de produtos entorpecentes. Por este motivo, o canil do Batalhão de Operações Especiais deu apoio na busca domiciliar. No entanto, não foram localizadas drogas. Mas a polícia encontrou, além do armamento usado pelo infrator para atirar nos PMs, uma espingarda calibre 12, com munições intactas, escondida embaixo de uma mesa na sala.

O criminoso tinha em seus desfavor um mandado de prisão em aberto e respondia a dois processos por tráfico de drogas; três por porte ilegal de arma de fogo e um homicídio.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias