Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Apagão: Zona Sul de Macapá fica 30 horas sem luz após incêndio em subestação


A CEA Equatorial concluiu às 11h06 deste sábado (27), os trabalhos de interligação da Subestação Móvel à Subestação Equatorial, restabelecendo integralmente o fornecimento de energia aos bairros da Zona Sul de Macapá. Desde o início da ocorrência do incêndio na Subestação Equatorial, a distribuidora atuou em diversas frentes: nas manobras de transferências de carga, que normalizou o fornecimento para 20 mil unidades consumidoras ainda na manhã de sexta-feira, 26, na recuperação de um dos transformadores de força da subestação que não sofreu danos, além da força tarefa no deslocamento da Subestação Móvel de Santana à Macapá.

O equipamento Subestação Móvel, estava sendo utilizado em uma operação na Subestação Santana e, para ser deslocada, foi necessário fazer o processo de desconexão e preparação, para que o seu trajeto e a operação na Subestação Equatorial ocorressem com segurança, por se tratar de uma estrutura de grande porte, com peso de 82 toneladas.

Ao longo de toda esta operação mais de 100 colaboradores divididos em 16 equipes que se revezaram ao longo do dia no atendimento a esta ocorrência. A distribuidora lamenta os transtornos causados aos clientes impactados, mas reforça que não mediu esforços para normalizar o serviço no menor tempo possível.

O Gerente de Operações da CEA Equatorial, Fabrício de Oliveira, reforça o compromisso que a empresa teve após o incidente. “Trabalhamos incansavelmente para restaurar a energia de todos os clientes que estavam com o fornecimento interrompido, que neste momento, estão normalizados. Mantivemos nosso compromisso desde a madrugado de sexta-feira, mobilizamos toda nossa estrutura para chegar em nosso objetivo e esse trabalho só foi possível em razão dos investimentos que o Grupo Equatorial vem fazendo no sistema elétrico do Amapá, com a Subestação São José, ampliação da Subestação Santana e a aquisição da Subestação Móvel”, afirmou.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias