Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Amapaense acusada de matar bancário no Pará se apresenta à polícia

Ellen Caroline de Oliveira Paixão, de 33 anos, se apresentou nesta quinta-feira (24) à Justiça paraense.
A mulher é a principal acusada do assassinato de Luiz Paula Miranda, morto no último dia 10, com trinta e sete facadas.

Por meio de nota, a defesa de Ellen Paixão alegou que ela se apresentou espontaneamente e esclareceu que a mesma nunca cogitou evadir-se de se apresentar às autoridades.

Veja nota:

A suspeita se apresentou na seccional de Ananindeua e, após se submeter ao exame de corpo e delito, ela aguardará a audiência de custódia no Centro de Reabilitação Feminina da cidade.

Por telefone, o advogado Nilson Oliveira disse que ainda não irá se manifestar sobre a tese de defesa.

“Estamos acompanhando a investigação preliminar, ou seja, o Inquérito Policial, portanto, não há base para algo que ainda sequer teve relatório final do delegado. A nossa cliente é suspeita de um crime, em tese, ainda nem foi indiciada. Ou seja, tudo está em um momento muito embrionário”.

Luiz Miranda era funcionário do Banpará e foi morto em Santa Cruz do Arari, no Arquipélago do Marajó.

O corpo dele foi encontrado por funcionários do Banco que sentiram falta do colega no trabalho.

Ellen foi apontada como autora do hediondo e teve o mandado de prisão preventiva expedido. Desde então, passou a ser considerada foragida.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias