Engenheiro paulista é assassinado na orla de Macapá

A morte de um homem na orla de Macapá tem intrigado a equipe do delegado Ederson Martel, da Delegacia de Homicídios. O assassinato de Filipe Silva Bras, de 38 anos, ocorrida por volta da 0h30 desta quinta-feira (29), ainda é um enigma para os agentes.

A Polícia quer saber o que Filipe, que era engenheiro e natural do estado de São Paulo, fazia sozinho, debaixo de forte chuva e alta madruga na rua.

Martel contou que as investigações estão em curso, porém, está com dificuldade para encontrar testemunhas.

O que se sabe até o momento, é que o paulista caminhava pela rua Cândido Mendes, próximo ao Mercado Central, quando um veículo de cor branca se aproximou do mesmo e o ocupante dele efetuou os disparos. Em seguida, o motorista fugiu em alta velocidade.

Filipe ficou caído ao chão. O Samu, após ser acionado, compareceu no local, contudo, ele não resistiu. O mesmo foi atingido com um único tiro na região do tórax. A bala transfixou o corpo da vítima.

“O que nos chamou a atenção, foi o fato de nenhum familiar, ou amigo, vir até a cena do crime. Então, descobrimos que esta vítima é de fora do estado. Iniciamos o levantamento e já sabemos que ele estava hospedado em um hotel próximo ao local onde o fato aconteceu. Agora estamos fazendo as diligências para chegar a autoria e a real motivação dessa morte”, revelou o delegado.

Uma equipe do 6° Batalhão da Polícia Militar fez buscas na tentativa de localizar o suspeito, mas até o momento não foi possível fazer a identificação do assassino.

Uma das linhas de investigação a ser seguida por Martel, será a de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

PSB segue com Furlan em Macapá

O advogado Juliano Del Castilho assumiu nesta sexta-feira (01) a titularidade da Secretaria Municipal de Agricultura do município de Macapá. Juliano é filiado ao PSB/AP

Leia Mais »