Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Projeto Ecobarreiras recolheu, em dois meses, 24 toneladas de resíduos sólidos nos canais de Macapá

A Prefeitura de Macapá lançou no dia 2 de janeiro de 2024, o Projeto chamado Ecobarreiras ‘Redes do Bem’, que tem o objetivo de fazer a contenção de resíduos sólidos flutuantes para facilitar a remoção em canais da cidade. Em dois meses de funcionamento, o projeto já auxiliou na retirada de 24 toneladas de resíduos.

Iniciativa executada pela Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana (Semzur), reutiliza redes de pesca e garrafões de água mineral vencidos para isolar e remover o lixo jogado no canal.

Após as redes atingirem sua capacidade máxima, uma vez por semana, os resíduos presos na contenção são recolhidos pelas equipes da Zeladoria que fazem a destinação correta para o material.

As Ecobarreiras estão instaladas em três canais de Macapá, são eles: Canal do Muca, Canal do Perpétuo Socorro e Canal do Santa Rita.

O projeto também serve como instrumento para auxiliar no Plano de Inverno da Prefeitura de Macapá, que busca evitar transtornos como alagamentos e enchentes no período do inverno amazônico.

O titular da Zeladoria Urbana, Helson Freitas, fala da importância da iniciativa para ajudar na prevenção da obstrução de canais mediante materiais reciclados.

“É um projeto que usa como base a reciclagem. Através da reutilização dos garrafões, conseguimos diminuir o risco de esse material ser descartado de forma irregular e ainda evitamos que os resíduos jogados nos canais se espalhem e venham obstruir o escoamento da região, o que contribui para o nosso plano de inverno”, enfatizou.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

PL vai com Furlan em Macapá

O atual prefeito de Macapá, Antônio Furlan, anunciou em suas redes sociais que o Partido Liberal, atual sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro, estará em seu

Leia Mais »