Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Polêmica: Piratão e Império do Povo empatam e decidem dividir o título do Carnaval 2024

Com uma disputa acirrada em boa parte da apuração nesta quarta-feira, 14, no Sambódromo em Macapá, as escolas Império do Povo e Piratas da Batucada conquistaram o título de campeãs do Carnaval 2024 – Amapá 80 anos, promovido pela Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap) em parceria com o Governo do Estado, senador Davi Alcolumbre e Sebrae. 

Nota a nota, as agremiações empataram, cabendo pelo regulamento, o sorteio. Mas, os presidentes conversaram com a Liesap e decidiram por dividir o título, fazendo a alegria dos foliões de Santana, reduto da Império, e da Zona Sul de Macapá, onde o Piratão nasceu.

Na outra ponta do resultado, Unidos do Buritizal foi rebaixada para o Grupo de Acesso. Em 2025, quem assume o lugar é a escola de samba Império da Zona Norte, campeã do Grupo de Acesso.

Para o advogado e ex-presidente de Boêmios do Laguinho, Vicente Cruz, o regulamento é claro: “Em caso de empate deveria haver sorteio do quesito de desempate”. Cruz ainda completa: “Isso traz implicações como, por exemplo, a ordem dos desfiles do próximo ano. O regulamento foi rasgado”.

O presidente da Liesap, Jocieldo Lemos, justifica que a decisão foi democrática e de comum acordo entre as duas agremiações: “Piratas da Batucada e Império do Povo optaram por não realizar o sorteio e dividir o título de campeã do Carnaval 2024”

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

CNJ afasta magistrado do Amapá

O ministro Luis Felipe Salomão, corregedor Nacional de Justiça, determinou o afastamento cautelar do juiz da vara de Execuções Penais de Macapá/AP, João Teixeira de

Leia Mais »