Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

PC prende mulher acusada de estupro de vulnerável contra a própria sobrinha de 4 anos

A Polícia Civil (PC), do município de Calçoene, prendeu uma mulher de 18 anos, acusada de estupro de vulnerável, por filmar e armazenar cenas pornográficas envolvendo uma criança e adolescente. A ação aconteceu neste domingo (12) e contou com o apoio dos agentes do Ciosp Oiapoque e da Operação Paz.

De acordo com o delegado Átila Rodrigues, a acusada é tia da vítima, uma criança de apenas 4 anos de idade.

“Na última sexta-feira, um cidadão procurou a nossa unidade e informou que a mulher teria vários vídeos em seu celular, em que apareciam imagens pornográficas da própria sobrinha. Além disso, ela estaria vendendo esse conteúdo pelo WhatsApp. De imediato, realizei os procedimentos policiais necessários e representei pela prisão temporária da acusada, bem como pela busca e apreensão do aparelho celular dela. As representações foram deferidas pelo Poder Judiciário. Monitoramos a acusada e descobrimos que ela estava na comunidade de Calafate, na zona rural da cidade de Calçoene. Através do apoio das equipes, a acusada foi presa. No celular dela, foram encontrados vários materiais pornográficos envolvendo crianças e adolescentes, o que culminou na sua autuação em flagrante pela prática do crime de armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”, explicou a autoridade policial.

O delegado informou, ainda, que as investigações continuarão no sentido de identificar se as imagens foram realmente comercializadas, bem como quem foram os compradores.

A mulher presa será encaminhada à audiência de custódia.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias