Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Nostalgia e emoção marcam retorno do ‘Carnaval do Povo’ na Praça da Bandeira, depois de 29 anos

O som contagiante das marchinhas e do axé baiano voltaram a tomar conta da Praça da Bandeira, em Macapá, neste domingo, 21. Após 29 anos, foliões de todas as idades puderam festejar o retorno do “Carnaval do Povo”, tradicional evento que marcou época e gerações, embalado pelos músicos da Banda Placa. Famílias se reuniram para apreciar a programação, que volta a abrir em grande estilo, a temporada de festas populares de carnaval no Amapá, promovida pelo Governo do Estado.

O evento foi marcado pelo encontro de gerações entre pais que acompanharam edições anteriores, em outras décadas, e filhos que conheceram a festa pela primeira vez. Em meio à agitação e alegria do público, era possível notar todos os olhares revivendo com nostalgia outros carnavais.

O show da Banda Placa teve três horas de duração e foi recheada de clássicos do axé, frevo e marchinhas, além de músicas autorais consagradas como “Amassadeira” e “Minha Cidade”. Os toques da bateria, trompete e as vozes inigualáveis dos vocalistas puderam ser escutadas nos quatro cantos da praça de Bandeira, em um som cristalino e cheio de energia.

A emoção dos músicos ao retornar aos palcos após estes 10 anos sem o evento também foi contagiante e perceptível. A Banda Placa possui 14 membros, e foi idealizada pelos artistas Álvaro Gomes e Carlos Augusto, conhecido como “Carlitão”. 

“É uma honra rever todos vocês. Passa um filme na nossa cabeça. Está tudo da mesma forma que quando começou há muitos anos atrás. Estamos muito felizes com esse retorno, e esperamos todos vocês nos próximos domingos. Esse foi só o começo de muita festa que vem por aí”, comentou o vocalista Batan ao subir ao palco, emocionado.

Apoio e segurança

O Carnaval do Povo é organizado pela Liga Independente dos Blocos Carnavalescos do Amapá (Liba) com apoio do Governo do Estado e do senador Davi Alcolumbre. Toda a programação foi monitorada por policiais militares, que garantiram a segurança do evento.

A secretária de Estado da Cultura, Clícia Vieira Di Miceli, acompanhou as festividades e aproveitou a ocasião para reforçar o compromisso do Governo do Amapá com o resgate da memória e tradição dos amapaenses.

“Temos investido muito na preservação da memória e em expressões culturais de artistas que contam a nossa história e fortalecem a nossa identidade. O Governo do Amapá tem se preocupado em dialogar com todos os grandes projetos importantes para o povo amapaense”, pontuou a secretária.

Tradição carnavalesca

O Carnaval do Povo surgiu em 1984, como uma alternativa popular aos bailes e blocos pagos da capital. Até 1995, o evento teve como palco a Praça da Bandeira. Porém, a festa que chegou a ser itinerante, foi completamente paralisada pouos anos depois.

O retorno da programação faz parte das celebrações do “Amapá 80 anos”, e representa um resgate histórico que possibilita que toda uma nova geração tenha contato com a alegria contagiante e ritmo incomparável dos músicos da Banda Placa. A festa na praça da Bandeira, no Centro de Macapá, segue nos próximos três domingos.

Confira programação completa do Carnaval do Povo:

  • 28 de janeiro
    18h – Bloco Infantil dos Máscaras (Mazagão Velho-AP)
    19h – Banda Placa 
  • 4 de fevereiro
    18h – Carnaval de rua dos grupos da terceira idade
    19h – Banda Placa 
  • 11 de fevereiro
    18h – Homenagem às vozes femininas do carnaval de rua com Brenda Melo, Deize Pinheiro e Silmara Lobato
    19h – Banda Placa
Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias