Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Justiça manda para o Iapen padrasto acusado de violentar enteada com síndrome de down

Juiz converteu em preventiva a prisão em flagrante

O juiz José Castellões Menezes Neto, converteu em preventiva a prisão em flagrante do homem acusado de violentar física e sexualmente a enteada, de 20 anos de idade, que é portadora da síndrome de down.

Wenalldy André Carneiro da Silva, de 35 anos, foi levado na tarde desta quinta-feira (30), do Fórum de Macapá, após ser submetido a audiência de custódia, para a penitenciária estadual, na zona oeste da cidade, onde ficará recluso até uma segunda ordem da Justiça.

O caso

Wenalldy foi preso na noite de quarta-feira (29), e conduzido para a DECCM, por uma equipe da PM. Foi o proprietário do prédio onde a vítima e acusado moram, localizado no bairro Cidade Nova, quem chamou a polícia, depois que garota o procurou, pedindo ajuda, alegando que tinha sofrido as violências, mais de uma vez.

A testemunha contou ainda, que já tinha presenciado por várias vezes, a vítima sofrer maus tratos, inclusive, por parte da própria genitora.A jovem foi levada para exames de conjunção carnal na Politec, cujo resultado foi negativo para penetração. Contudo, ela afirmou que foi tocado pelo padastro.

Wenalldy já tinha sido preso anteriormente por violência doméstica, por ter agredido, reiteradamente, a companheira, que é mãe da moça especial.

Durante depoimento, o acusado negou que tenha tocado ou agredido a menina.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias