Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Grupo educacional avança na implantação do curso de Medicina em Macapá

Representantes do Grupo Integrado realizaram, entre os dias 30 de janeiro e 06 de fevereiro, uma série de visitas em Macapá para avaliar a implantação do curso de Medicina no município. A análise de implantação da graduação na cidade faz parte do compromisso do Grupo Integrado em levar educação de qualidade às regiões que necessitam de mais profissionais para atender à comunidade.  De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), o estado do Amapá possui 841 médicos, uma proporção de 1,05 profissionais por mil habitantes. Já a média nacional é de 2,18.

A comissão visitou representantes da sociedade civil organizada da cidade para buscar apoio e parcerias que viabilizem a realização de estágios em hospitais e unidades básicas de saúde da região. A criação de um câmpus em Macapá, com toda a estrutura necessária para o funcionamento do curso, também foi pauta das visitas.  

O diretor geral da Faculdade Integrado de Macapá, Alan Fonseca, destaca a necessidade de oferecer o curso de Medicina na capital, visto que não há opções privadas na região. A Faculdade pretende preencher essa lacuna na oferta de cursos de Medicina, considerando que a instituição privada mais próxima, localizada em Araguaína, Tocantins, está a uma distância de aproximadamente 1500 km. 

 “O Integrado atua com educação na região de Campo Mourão (PR) há 37 anos e é reconhecido pela qualidade de ensino e infraestrutura que proporciona à comunidade acadêmica, além da transformação socioeconômica que impulsiona. Estamos felizes com a possibilidade de replicar essa tradição e compromisso com a educação na região norte do País, pois tenho a certeza que será um marco para o desenvolvimento da saúde no Amapá”, afirma Fonseca. 

A implantação do campus e do curso passará pela avaliação do Ministério da Educação (MEC) e por isso ainda não há previsão de início do processo seletivo e de outros detalhes relacionados ao curso, como quantidade de vagas e valor da mensalidade.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

CNJ afasta magistrado do Amapá

O ministro Luis Felipe Salomão, corregedor Nacional de Justiça, determinou o afastamento cautelar do juiz da vara de Execuções Penais de Macapá/AP, João Teixeira de

Leia Mais »