Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Funcionários de empresa que recolhe entulho são presos por crime ambiental

Nesta segunda-feira (5), a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), prendeu dois indivíduos em flagrante, funcionários de uma empresa privada, que estavam descartando, de forma irregular, resíduos sólidos num terreno localizado no bairro Beirol, na zona sul de Macapá.

De acordo com o delegado Wellington Ferraz, titular da DEMA, a investigação iniciou após registro de boletim de ocorrência realizado por populares que residem próximo ao local denunciado, onde funciona uma empresa que recolhe entulhos em contêineres.

“Após a denúncia, fomos ao local e verificamos que os resíduos estavam sendo despejados e armazenados de maneira irregular, haja vista que a licença da empresa investigada permitia apenas a coleta de resíduos não perigosos, não abarcando, portanto, o armazenamento e o transbordo dos resíduos que estavam sendo descartados no local”, disse.


Ferraz revelou que foi constatado que no local estavam sendo descartados e depositados resíduos considerados perigosos, como embalagens de óleos lubrificantes e latas de tintas.
Os dois indivíduos que descarregavam irregularmente o material no local foram postos em liberdade após o pagamento de fiança.


“As investigações continuarão em relação ao proprietário da empresa, que operava no local sem as licenças autorizativas para tal atividade”, explicou o delegado.

Peritos da Polícia Científica do Amapá também estiveram no local.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias