Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Condenado por estupro da própria filha, homem volta para a cadeia ao descumprir medida protetiva

Um indivíduo que tem 42 anos, condenado por estupro de vulnerável, foi preso pelo Núcleo de capturas da Polícia Civil (PC), sob acusação de descumprir uma medida protetiva de urgência.


A ação aconteceu no último final de semana e de acordo com o coordenador do núcleo, delegado Kleyson Fernandes, o sujeito abusou sexualmente da própria filha. Mesmo sentenciado a dozes anos de reclusão, ele respondia em liberdade, com o cumprimento de algumas restrições.


“Essa vítima começou a ser violentada sexualmente em 2009, quando tinha apenas 8 anos de idade. O agressor se separou da mãe da criança e ela passou a morar com ele”, detalhou o delegado.


O caso veio à tona somente no ano de 2014, quando garota, com 13 anos, decidiu revelar o ocorrido para a sua mãe. A mulher fez a denúncia e o homem foi investigado, processado e julgado.


“Como ainda cabe recurso da decisão judicial, o mesmo estava em liberdade. A vítima possui uma medida protetiva de urgência para que ele não se aproxime dela. Porém, ela relatou que no último dia 16, o pai tinha descumprido a determinação, uma vez que a abordou em via pública e, utilizando uma faca, fez ameaças contra a sua vida, fato este que levou a expedição do mandado de prisão preventiva em desfavor dele”, explicou a autoridade policial.

O homem preso foi encaminhado à audiência de custódia e, posteriormente, a penitenciária.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

CNJ afasta magistrado do Amapá

O ministro Luis Felipe Salomão, corregedor Nacional de Justiça, determinou o afastamento cautelar do juiz da vara de Execuções Penais de Macapá/AP, João Teixeira de

Leia Mais »