Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Clécio garante que não há recurso da Educação para bancar festa de Reveillon

Em nota, emitida nesta terça-feira (19), o Governo do Amapá deixa claro à população amapaense que não existe nenhum recurso público sendo retirado da Educação para a realização do Réveillon da Beira Rio 2024. O investimento da Secretaria de Estado da Educação (Seed) diz respeito à Cantata Natalina da rede pública, que encerra o ano pedagógico e faz parte do calendário de ações culturais da rede estadual de ensino.

O Estado informa que pedirá reconsideração da recomendação do Ministério Público Estadual (MP-AP), que “trata de forma equivocada a utilização de recursos da Educação para o Réveillon”

As cantatas estão marcadas para os dias 20 e 21 de dezembro e envolvem mais de 1,5 mil estudantes de 39 escolas que voltam a se apresentar após 8 anos sem programação. Os investimentos na Cantata Natalina estavam previstos em contrato celebrado ainda em 2020 pela Seed.

Nesta segunda-feira (18), o promotor Laércio Mendes enitiu recomendção vedando uso de recursos da Secretaria de Educação do Amapá (SEED) para o pagamento de despesas referentes ao Reveillon Beira Rio, realizado pelo GEA.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias