Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Acusada de aplicar o “Golpe do Miracema” em Macapá é presa em Goiânia

Fabíola Xavier da Silva foi localizada e capturada nesta terça-feira, 30, em frente à escola do filho. Ela é a principal suspeita o crime que ficou amplamente conhecido como o “Golpe do Miracema”.

A golpista foi presa na cidade de Goiânia, em Goiás, em uma ação integrada que envolveu as policiais civis do Amapá e do estado de Goiás.

Segundo informações, Fabíola Xavier estava vivendo tranquilamente na cidade de Goiânia, para onde fugiu levando cerca de R$ 150 mil das vítimas. Ainda segundo informações, ela foi presa sem resistência e conduzida para a unidade policial para os procedimentos legais e depois dói levada para audiência de custódia.

Contra Fabíola existia um mandando de prisão em aberto pelo crime de estelionato.

O golpe

O golpe envolvia a venda ilegal de vagas no sorteio do Conjunto Habitacional Miracema em Macapá, localizado na zona norte de Macapá. A suspeita prometia inserir pessoas na lista de beneficiários do programa habitacional em troca de pagamentos que variavam de R$ 87 a R$ 120 mil.

A polícia acredita que o esquema prejudicou diversas vítimas. O caso veio à tona em dezembro do ano passado, após diversas denúncias.

As investigações a cerca do caso continuam. A polícia quer identificar mais vítimas e avaliar a extensão total do golpe.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias