Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

MP-AP e Setec dialogam sobre criação do Hub de Inovação no Macapá Hotel

A chefe de gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, Christie Girão, e o secretário-geral do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Alexandre Monteiro, reuniram na manhã desta terça-feira (2), na PGJ, com o secretário da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), Edivan Barros Andrade, para conversar sobre uma parceria para a criação do primeiro Hub de Inovação do Amapá. A iniciativa do Governo do Amapá visa estimular a formação de um ambiente de conexões entre poder público, empresas privadas, startups, estudantes e pesquisadores para promover o desenvolvimento do Estado nessa área.

No encontro, com a participação do diretor do Departamento de Tecnologia da Informação do MP-AP (DTI), Rodinei Paixão, junto com a equipe técnica composta pelos especialistas na área: Janete Lacerda, Alan Brito, Vanzeler Melonio e Lindomar Ferreira, servidor e presidente da Associação Amapaense de Tecnologia (Amapatec), foi apresentado o projeto para utilização do prédio do antigo Macapá Hotel, atualmente desativado, situado em área nobre da cidade.

O secretário da Setec informou que a medida é uma proposta do Plano de Governo, que busca a destinação do espaço para desenvolvimento da economia criativa local. O gestor informou que o Hub de Inovação visa eliminar a ausência desse tipo de ambiente no Estado; reduzir barreira de integração entre os atores do ecossistema de inovação; elevar a competitividade dos produtos, negócios e serviços empresariais no Estado; bem como criar uma nova visão de desenvolvimento regional com base na inovação.

“Fui muito bem recebido aqui no MP para apresentar o projeto do HUB de Inovação, seus espaços e a forma de funcionamento, e também para convidar a instituição para ser parceira desta importante iniciativa do Governo do Estado que vai ser um espaço para compartilhar conhecimentos, iniciativas e, acima de tudo, gerar negócios, gerar empresas, renda e riquezas para o Amapá. Todo esse movimento é para fortalecer ainda mais o ecossistema e as políticas para inovações lideradas pelo executivo estadual”, ressaltou Edivan Andrade.

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) incentiva os MPs a inovarem, por meio de grupos de trabalho e da criação de laboratórios de inovação, informou o diretor do DTI. “A inovação não é  só tecnologia, antes de mais nada é importante alguém da área de negócio criando e pensando projetos inovadores,  e só depois que chega à tecnologia, com isso ganhamos tempo. O Governo do Estado está de parabéns pela iniciativa”, afirmou Rodinei Paixão.

Igualmente, os promotores de justiça Christie Girão e Alexandre Monteiro parabenizaram o secretário Edivan Andrade pela apresentação e elogiaram o projeto, informando que levarão a proposta de adesão do MP-AP ao procurador-geral de justiça, Paulo Celso Ramos, para avaliação, mas destacaram ser uma área bastante valorizada na instituição.

“O Ministério Público do Amapá há muito tempo vem se instalando na vanguarda da inovação tecnológica. Fomos um dos primeiros órgãos a eliminar o uso de papel, a tramitar os nossos processos de forma eletrônica, a disponibilizar os nossos arquivos em nuvem e estamos nessa trilha constante do aperfeiçoamento. E, hoje, o secretário Edivan Barros nos trouxe uma proposta de parceria para integrarmos o Hub de Inovações que visualizamos como uma excelente oportunidade de interagir com outros órgãos públicos e da rede privada que buscam inovar constantemente. Acreditamos que será um instrumento muito importante para alavancar o desenvolvimento do nosso Estado, razão pela qual o MP-AP tem interesse em fazer parte desse projeto”, manifestou Alexandre Monteiro.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

PL vai com Furlan em Macapá

O atual prefeito de Macapá, Antônio Furlan, anunciou em suas redes sociais que o Partido Liberal, atual sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro, estará em seu

Leia Mais »