Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Homem que aplicava golpes é preso em ação policial conjunta do Amapá e Mato Grosso

Com o objetivo desarticular um esquema voltado à prática reiterada de crimes de fraude eletrônica, agentes da Delegacia de Repressão a Fraude Eletrônica do Estado do Amapá em conjunto com a Polícia Civil da cidade de Cuiabá, no Mato Grosso, deflagraram a “Operação Deversari” e cumpriram um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 39 anos.


Segundo informações do delegado Anderson Silwan, o indivíduo é investigado por ter praticado o crime contra cinco cidadãos amapaenses, nos anos de 2023 e 2024. O mesmo chegou a embolsar mais de R$ 10 mil com o do ‘golpe do intermediário de venda’ – que ocorre quando o estelionatário engana tanto o real vendedor como o interessado no bem anunciado -, e com o ‘golpe do falso familiar’ – que ocorre quando o estelionatário cria um perfil em rede social e/ou aplicativo de mensagem, usando informações de um familiar da vítima.


O elemento, de naturalidade mato-grossense, também é alvo em investigações por crimes da mesma natureza nos estados do Rio de Janeiro, Bahia e Mato Grosso. O mesmo já possui passagens pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, roubo e tráfico de drogas. Além disso, cumpre pena há mais de dez anos, tendo, progredido para o regime semi-aberto no fim do ano passado.


A operação foi batizada como “Deversari”, que significa preso em latim, tendo em vista que o investigado cometeu os crimes enquanto estava custodiado.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

CNJ afasta magistrado do Amapá

O ministro Luis Felipe Salomão, corregedor Nacional de Justiça, determinou o afastamento cautelar do juiz da vara de Execuções Penais de Macapá/AP, João Teixeira de

Leia Mais »