Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Amostradinho troca tiros com equipe do Giro e leva a pior no Infraero 2

Um indivíduo que estaria exibindo uma arma de fogo e amedrontando populares da zona norte de Macapá, morreu ao resistir à abordagem e atirar contra uma equipe de policiais militares do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro), do Bope.

O relatório da PM diz que a guarnição estava em patrulhamento, na noite desta quinta-feira, 4, no bairro Infraero II, próximo ao Céu das Artes, quando foi parada por uma pessoa, que pediu para não ser identificada, e informada que dois elementos em uma bicicleta estariam intimidando moradores do lugar.

O policiamento foi intensificado e durante as diligências, na Rua Monte Alegre, os suspeitos foram localizados. Ao perceber a presença da polícia, a dupla abandonou a bicicleta e correu para o interior de uma residência. Foi feito o cerco no lugar e, em seguida, o adentramento dos agentes.

Quando faziam as buscas pelos infratores, os militares foram surpreendidos por disparos efetuados por um dos sujeitos, que estava escondido atrás de uma parede. Assim que se abrigaram, os policiais revidaram. No tiroteio, Luiz Carlos de Lima Santos, de 20 anos de idade, foi baleado. O socorro médico de urgência foi chamado, contudo, ele já estava sem sinais vitais quando o Samu chegou.

Com os trabalhos de perícia, foi detectado que o indivíduo tinha porções de drogas e munição de revólver calibre 22 no bolso da bermuda que vestia.

Luiz Carlos tinha passagem criminal por roubo e ameaça. O comparsa dele conseguiu escapar.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

PL vai com Furlan em Macapá

O atual prefeito de Macapá, Antônio Furlan, anunciou em suas redes sociais que o Partido Liberal, atual sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro, estará em seu

Leia Mais »