Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Polícia prende homem que perturbava a ex-mulher no trabalho

Um homem de 24 anos foi preso nesta quarta-feira (21) por descumprir uma medida protetiva de urgência. O indivíduo foi capturado no bairro Parque dos Buritis, na zona norte de Macapá, por uma equipe da 8ª Delegacia de Polícia da Capital.

O delegado Alan Moutinho, titular da unidade, que a vítima é a ex-companheira do acusado, e que no dia 22 do mês passado, ele foi à casa da mulher durante a madrugada e perturbou o sossego dela, descumprindo a determinação judicial existente.

Ainda segundo a autoridade policial, o sujeito tentou arrombar a janela da residência da vítima.

“A Justiça expediu o mandado de prisão preventiva e iniciamos as diligências para localizá-lo. Constatamos que ele estava trabalhando como motorista de aplicativo em um carro branco. Quando íamos abordar o veículo, ele passou direto da casa na tentativa de escapar, entretanto, fizemos uma pequena perseguição e conseguimos interceptá-lo”, explicou Moutinho.

O elemento foi submetido aos procedimentos legais e depois encaminhado à audiência de custódia. Agora ficará à disposição do poder judiciário.

No mesmo dia, agentes da Delegacia Especializada em crimes Contra a Mulher (DECCM) prendeu outro sujeito que também descumpriu ordens judiciais, ameaçou e perseguiu a ex-mulher.

O homem de 29 anos foi localizado e preso no bairro Renascer, na zona norte da cidade.

Segundo informações, a vítima, que tem 26 anos de idade, é ex-companheira do suspeito. O casal conviveu por dez anos e está separado há dez meses.

“Ele ia ao local de trabalho, a casa dela, fazia ameaças de matá-la e realizava várias ligações de números distintos. Quando descobriu que a mesma está em um novo relacionamento, começou a enviar mensagens para o novo casal dizendo que divulgaria vídeos íntimos da mulher, os quais ele obteve ao longo do relacionamento que teve com ela”, esclareceu a delegada Ana Maria.

A autoridade policial contou que no último final de semana, a mulher foi à DCCM registrar um Boletim de Ocorrência e apresentou várias provas do fato.

“Representei pela prisão de preventiva do acusado, que foi deferida pelo Poder Judiciário”, disse Ana Maria.

Após os procedimentos legais, o homem foi encaminhado à audiência de custódia e, em seguida, ao sistema penitenciário.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias

CNJ afasta magistrado do Amapá

O ministro Luis Felipe Salomão, corregedor Nacional de Justiça, determinou o afastamento cautelar do juiz da vara de Execuções Penais de Macapá/AP, João Teixeira de

Leia Mais »