Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Amapá avança e atinge patamar de 42% de crianças alfabetizadas no 2º ano do ensino fundamental

Segundo dados do Ministério da Educação, o Amapá dobrou o índice de crianças alfabetizadas. Em 2023, o estado alcançou 42% de fluência de leitura dos alunos do 2º ano do ensino fundamental da rede pública de ensino, mais que os 19% registrado em 2021 e antes da pandemia, em 2019, onde os números de letramento estavam em 25%.

O resultado foi apresentado nesta terça-feira, 28, na primeira avaliação censitária do programa Criança Alfabetizada, no Palácio do Planalto, em Brasília. O encontro reuniu gestores de todo Brasil e contou com a presença do governador do Amapá Clécio Luís, onde destacou que mais metas estão sendo traçadas para alcançar o nível máximo de alfabetização no estado.

“Esse patamar é uma grande vitória, mas a nossa meta para 2024 é de 48%, e ir aumentando sucessivamente, para termos um número satisfatório de crianças alfabetizadas na idade certa e no padrão correto de letramento. Nós estamos concentrando esforços para chegarmos no nível 5, que é o ideal, e com o trabalho que está sendo feito vamos conseguir”, destacou o governador Clécio Luís.

O avanço na aprendizagem dos estudantes é fruto do trabalho conjunto do Governo do Estado com os municípios em políticas de formação continuada e acompanhamento pedagógico de coordenadores e gestores escolares, além da entrega de livros didáticos regionalizados e investimento em 1,2 mil professores alfabetizadores.

O indicador foi calculado a partir do alinhamento nacional dos dados apurados pelas avaliações aplicadas no estado, em 2023, onde 90% dos alunos da rede estadual de ensino participaram. No recorte, os estudantes dos municípios de Pedra Branca do Amapari, Porto Grande e Ferreira Gomes apresentaram nível 3 de fluência em leitura.

Avanços na alfabetização

O Governo do Amapá promoveu e vem promovendo vários encontros para estimular o crescimento no número de estudantes alfabetizados na rede de ensino, para assim ter o repasse de verbas do programa Criança Alfabetizada garantido, que funciona por cooperação técnica e financeira entre o Estado e os 16 municípios.

Em 17 de maio, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) apresentou os resultados da fluência de leitura de 12 mil alunos do 2º ano do ensino fundamental que foram avaliados em março deste ano. Os estudantes de 11 a 15 anos apresentaram o melhor desempenho dos últimos 5 anos para o período.

O mapa de avaliação do estado mostrava, predominantemente, as cores vermelhas e laranja, indicando que muitas crianças chegavam ao segundo ano sem conseguir ler ou apenas soletrando. Os dados deste ano mostraram uma mudança positiva, com a cor amarela, o que significa que as crianças já estão juntando sílabas e avançando na leitura.

Desde 2023, cinco municípios do Amapá assinaram o termo de cooperação e estão 100% municipalizados, são eles: Serra do Navio, Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Oiapoque e Pedra Branca. Mais dois municípios assumiram o compromisso: Mazagão e Tartarugalzinho.

Facebook
Twitter
Email
WhatsApp

Deixe um comentário

Outras Notícias